sexta-feira, 26 de abril de 2013

Gil Cutrim destaca ações do Judiciário em São José de Ribamar

Prefeito participou da cerimônia de instalação de duas novas varas criminais no município.
http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto

Outras imagens

http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto
O prefeito Gil Cutrim destacou as ações exitosas que o Poder Judiciário vem desenvolvendo no município de São José de Ribamar e que estão refletindo no oferecimento de um serviço mais eficiente e célere à população.

“Ao longo dos últimos anos, o Judiciário maranhense reforçou significativamente a prestação de seus serviços em São José de Ribamar, o que tem contribuindo com a melhora na qualidade de vida do povo. E nossa administração, sempre mantendo o zelo pela harmonia entre os Poderes, contribuirá para que este processo tenha continuidade”, afirmou Cutrim durante a cerimônia de instalação de duas novas varas criminais ocorrida na noite da última terça-feira (23).

As duas novas varas movimentarão cerca de três mil processos oriundos das outras três varas comuns em funcionamento no Fórum Desembargador Jorge Rachid. Elas estão instaladas na sede do fórum local, que conta com salas de audiência, secretaria judicial, espaço para OAB, Centro de Processamento de Dados (CPD) e estacionamento interno.

O desembargador Cleones Cunha, que na cerimônia representou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Guerreiro Júnior, ressaltou a importância das novas unidades para a melhoria da prestação jurisdicional. “A missão está cumprida. Com esta iniciativa, o Judiciário responde a um anseio da comunidade ribamarense, que passará a contar com varas especializadas no julgamento de ações criminais. As novas instalações irão proporcionar melhores condições de trabalho aos juízes”, disse.

Temporariamente, responderão pelas duas varas os juízes Márcio José Costa (diretor do Fórum de Ribamar) e Lívia Aguiar (juíza auxiliar de entrância final), que responde pela 1ª Vara Cível. O Tribunal deverá publicar edital de abertura de inscrição para que magistrados de entrância intermediária possam requerer a remoção para atuar nas unidades implantadas.

“Com as novas varas, o Tribunal garante maior agilidade a quase três mil processos em andamento, que abarrotavam as varas comuns. Vamos agora especializar a movimentação processual, ampliando também o número de júris na comarca”, destacou a juíza Lívia Aguiar.

Para o promotor de Justiça, Lindonjonson Gonçalves, a especialização das varas é vital. “Era uma grande expectativa e vai descongestionar a comarca. É um impulso para melhoria nos índices de presos provisórios”, avaliou.

Durante a cerimônia, a Câmara Municipal de São José de Ribamar entregou o título de Cidadão Ribamarense aos desembargadores Cleones Cunha, Jamil Gedeon, e a juíza Teresa Cristina Mendes, titular da 1ª Vara Cível daquela comarca, à disposição da Corregedoria Geral da Justiça. O título também foi concedido aos desembargadores Antonio Guerreiro Júnior e Jorge Rachid.

Também participaram da solenidade o juiz Gervásio Protásio Júnior, presidente da AMMA; o vice-prefeito Eudes Sampaio (PT do B); promotores de justiça; defensores públicos; vereadores; secretários municipais; magistrados e servidores do Judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz