quinta-feira, 20 de abril de 2017

Deputada Luana Costa pede melhorias à população do Maranhão


Como representante da população do estado do Maranhão, a deputada federal Luana Costa (PSB-MA) apresentou, nesta terça-feira (11), dois requerimentos que indicam ao Poder Executivo melhorias aos maranhenses.
Ao Ministério dos Esportes, a parlamentar solicita, com a Indicação nº 3.267/2017, a destinação de recursos financeiros para a construção de quadras de esporte nas escolas públicas do município de Pindaré-Mirim, localizado no interior do estado.
Conforme dados fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município possui população bastante representativa de jovens e crianças, além de estar localizado em uma região de alto índice de juventude. “A construção das quadras de esporte das escolas municipais possibilitaria a prática esportiva de crianças, adolescentes e jovens, e promoveria a prática da atividade física e a realização de eventos esportivos de caráter sócio educacional”, justifica Luana.
Com a Indicação nº 3.266/2017, ao Ministério da Fazenda, a deputada sugere a instalação de Gerência Executiva de Governo (GIGOV) nas cidades de Imperatriz e Santa Inês. Segundo a socialista, a instalação da GIGOV, unidade vinculada à Vice-Presidência de Governo, responsável pelo acompanhamento das operações de infraestrutura contratadas com recursos da União, potencializaria as obras de pavimentação urbana, de redes de distribuição de água e de captação de esgoto, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
O Maranhão atualmente possui apenas uma agência GIGOV e, para a deputada, isso gera um fator de prejuízo ao estado, pois dificulta negócios no que diz respeito ao atendimento da população nas regiões do Vale do Pindaré (Santa Inês) e Sul do Maranhão (Imperatriz). “Esse fato repercute como um entrave a futuros projetos e à atração de investimentos em ambas as regiões. Tais agências seriam investimentos que viriam somar e melhorar ainda mais o potencial nas áreas social e turística com reflexos certeiros nos setores hoteleiro, agrícola, da piscicultura e do artesanato”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz