sexta-feira, 6 de março de 2015

Cabo Campos preside a primeira reunião da Comissão de Segurança


Na última quarta-feira (04), o deputado estadual Cabo Campos (PP), presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, junto com os deputados Junior Verde (PRB), Dr. Levi (SD) e Sousa Neto (PTN), estiveram na primeira reunião da Comissão de Segurança Pública. Os parlamentares reuniram-se com os policiais militares: Sgt Ebnilson, Sd Leite, Sd Guiramarês, Cb BM Sousa; e com o Sindicato dos Motoristas da SAMU.

Os parlamentares fizeram o uso da palavra e todos se comprometeram em trabalha em prol e defesa da Segurança Pública do Maranhão. A Comissão é formada por 2 militares: Cabo Campos e Dr.Levi (Cel PM Médico da reserva remunerada); o policial civil, deputado Junior Verde (vice-presidente) e o administrador de empresas, deputado Sousa Neto, que conhece bem o Sistema de Segurança. Pela primeira vez na história, a Comissão de Segurança da Assembleia foi composta por membros das duas Instituições policiais: Polícia Militar e Polícia Civil.

O presidente, deputado Cabo Campos, relembrou a sua luta e mostrou-se bastante feliz em ser o primeiro policial militar praça a presidir uma comissão desta Casa, disse que fará desta Comissão uma das mais atuantes da Assembleia Legislativa. O deputado Dr. Levi cobrou a presença dos oficias da PM/BM nas lutas. “Porquê da ausência dos oficiais da PM, não os vejo nas lutas, somente olho os Praças, o que está acontecendo?” indagou o parlamentar.

Junior Verde, disse que estará à disposição e fará todo o esforço para garantir que os trabalhos possam fluir. Já o deputado Sousa Neto se comprometeu a lutar também em prol da defesa da Segurança Pública do estado. A Comissão fez alguns encaminhamentos dos trabalhos, os principais foram:

 1) Resgatar os projetos que já existem na Comissão;
 2) Agendar uma reunião separada com o governo e as categorias do sistema de Segurança;
 3) Propor ao governo do Estado que disponibilize uma vaga a um membro da Comissão de Segurança Pública da Assembleia, na Comissão criada pelo governo para discutir a transferência, lotação e ingresso das Corporações Militares;
 4) Foi também decidido que os membros da Comissão façam uma viagem a Pernambuco para tomar conhecimento do Pacto pela Vida, que será implantado pelo governo do Estado;
 5) Fiscalizar a contração dos Reformados da Polícia Militar;
 6) Fiscalizar o desenvolvimento do TAF(Teste de Aptidão Física) da PM/BM dos convocados;

 A comissão também decidiu que na próxima reunião será discutida a LOB (Lei de Organização Básica) do Corpo de Bombeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz