sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Prefeitura abre inscrições para o Mulheres Diretas


A Prefeitura de Timon está realizando, até o dia 30 de janeiro, as inscrições para o Projeto Mulheres Diretas, que visa capacitar o público feminino de Timon. O projeto é realizado através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e do Turismo (Semdest). O objetivo é capacitar 225 mulheres, por meio de cursos de qualificação nas áreas de mecânica, metalurgia e marcenaria. São oferecidas 75 vagas por modalidade, as aulas vão começar no início de fevereiro e acontecerão na escola Mãos Dadas, localizada no bairro Parque Alvorada.

As ações do projeto são voltadas para mulheres com idade mínima de 18 anos, oriundas de famílias em situação de vulnerabilidade social, beneficiárias do Programa Bolsa Família, do Governo Federal e/ou desempregadas, e especialmente aquelas que exercem o papel de “chefe” de família, acompanhadas pelos Centros de Referência de Atenção Social de Timon (CRAS). A seleção será por meio de questionário e entrevista.

As mulheres interessadas podem realizar as inscrições nos CRAS, CREAS e Coordenadoria Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, das 7h30 às 13h30, levando os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. Os cursos terão carga horária de 70h/aula, cinco dias por semana, 4h/aula por dia, durante vinte um dias (dentro do mês corrente), contemplando atividades teóricas e práticas. 

Com a capacitação, a Prefeitura espera garantir às participantes uma autonomia econômico-financeira, qualificação profissional e participação no mercado de trabalho. Paralelamente a isso, pretende-se uma mudança de paradigma quanto ao papel da mulher no mercado de trabalho.

Para a realização do “Mulheres Diretas”, a Coordenadoria Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e do Turismo e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social trabalharão em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República. O custo total do Projeto é de R$ 327.147,00. Foi solicitado ao Governo Federal o valor de R$ 314.061,12 e a contrapartida oferecida pela Prefeitura é de R$ 13.085,88.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz