quinta-feira, 20 de março de 2014

Secretaria de Educação demonstra plano para erradicar escolas de taipa da zona rural


Rosina Benvindo
                                                                         Rosina Benvindo
 
Mesmo com o atraso de alguns vereadores e a falta de presença de professores a reunião da Comissão de Educação, Cultura, Saúde e Meio Ambiente aconteceu nesta terça-feira (18) na Câmara dos Vereadores de Codó. A pauta da reunião teve como discussão principal a educação da zona rural, com destaque para as escolas de taipa que ainda fazem parte do cenário nada cômodo a gestão municipal. Mesmo com o esforço, desde o primeiro mandato, para tentar diminuir o déficit escolar, ao construir 31 escolas de alvenaria, o governo municipal ainda luta para substituir as 76 de escolas de taipa restantes. Para discutir a problemática, a secretária municipal de educação, Rosina Benvindo, foi convidada a falar sobre as providências que estão sendo tomadas para erradicar as escolas de taipas na zona rural. Além da secretária, que esteve acompanhada da sua equipe de trabalho, esteve presente o secretário de infra – estrutura Márcio Esmero.

Mesmo com o tempo livre, a secretária Rosina foi direta quanto às providências que o governo Zito pretende tomar. De acordo com a secretária o primeiro passo será nuclear 36 escolas para os centros em condições melhores. O Segundo é da inicio a construção de 18 escolas, já conseguidas pelo prefeito Zito através de convênios com o Estado e a União. Com as unidades restantes, de ainda 22 escolas de taipa, Rosina disse que vai haver uma tentativa de suas construções por meio do PAR – Plano de Ações articuladas e Pronacampo.

Ainda durante a explanação, a secretária da pasta da educação mostrou algumas das ações que já foram e estão sendo executadas pelo governo, com objetivo de melhorar a educação no campo. Por meio de slides mostrou todas as escolas que governo Zito construiu até agora, assim também como falou e comentou sobre merenda escolar e redução da carga horária dos professores.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz