terça-feira, 7 de agosto de 2018

Em Igarapé do Meio ações de prevenção e combate as hepatites virais foram intensificadas durante todo o mês de julho.


Julho foi adotado pelo Ministério da Saúde e pelo Comitê Estadual de Hepatites Virais, como o mês de luta e prevenção das hepatites virais. Com o nome "Julho Amarelo", a campanha visa reduzir o número de pacientes com esta enfermidade. Em Igarapé do Meio houve uma intensa mobilização em relação ao problema e o mês de julho fechou com um considerado número de pessoas atendidas. Todo trabalho foi realizado pela prefeitura, por meio da Secretaria municipal de Saúde e Coordenação do Núcleo municipal de 

Educação em Saúde, em parceria com a Secretaria municipal de Educação e a equipe do EJA, que durante todo o mês de julho, realizaram várias atividades educativas nas escolas, igrejas e no auditório do Centro Administrativo, com esclarecimentos sobre os sintomas, tratamento e causas da doença. O encerramento da campanha aconteceu com uma ação de saúde no Centro Administrativo com a equipe da Atenção Básica de Saúde e Profissionais do NASF.

Um grande número de pessoas foram atendidas com exames de testes rápidos de Hepatites B e C, Sífilis e HIV. Também houve vacinação de hepatite B.

"A falta do conhecimento da existência da doença é o grande desafio, por isso a recomendação é que todas as pessoas façam o teste gratuitamente em qualquer posto de saúde e, no caso positivo, façam o tratamento que está disponível na rede pública de saúde. A campanha aconteceu durante o mês de julho, mas isso não significa que a prevenção à doença reduza nos demais meses do ano, muito pelo contrário, a cada dia deve-se aumentar a atenção, pois as hepatites virais são as principais causas de câncer no fígado, alerta a Secretária municipal de Saúde, Sueli Sousa.
Prefeitura de Igarapé do Meio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz