quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

PREFEITURA DE GOVERNADOR EUGENIO BARROS, LUTA EM BRASÍLIA, POR AUMENTO DO TETO DA SAÚDE


A prefeita de Maria da Luz (PSDB) esteve presente juntamente com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM) e com vice-governador Carlos Brandão em Brasília, com apoio da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), através de seu presidente, Cleomar Tema. Com o principal intuito de elevar a renda per capita da saúde, encontrando-se em penúltimo estado, atrás inclusive do Piauí.
“Estou empenhado na luta dos prefeitos maranhenses, até porque tenho uma dívida com o Maranhão, Estado cuja bancada me concedeu maciça votação na reeleição para a presidência da Câmara Federal”, destacou Rodrigo Maia, estabelecendo um pacto com a FAMEM para tirar o Estado dessa situação.
O encontro não entoou apenas os problemas enfrentados pelo Maranhão, contudo, quando o assunto é saúde a necessidade torna-se nacional. Não se tratando apenas de uma questão técnica, mas politica, pois ainda não foi alcançado ainda nem a média nacional que é de R$ 198.
“A reunião com deputados e senadores teve como objetivo debater medidas que viabilizem o aumento dos recursos repassados pela União para custeio dos serviços de média e alta complexidade na saúde. Pois o Maranhão é o penúltimo estado da federação no que diz respeito ao recebimento de recursos per capita – recebe R$ 137 por habitante. A proposta defendida pela FAMEM é de que este teto seja pelo menos igual ao da média nacional – R$ 194 por habitante, este aumento representaria um incremento anual nos cofres das prefeituras de R$ 240 milhões – ou R$ 20 milhões mensais”, afirma a prefeita Maria da Luz.
Algo em torno de 90 prefeitos de todas as regiões participaram do movimento, considerado uma ação forte e extremamente positiva.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz