sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Rigo Teles mobiliza Flávio Dino para beneficiar 18 municípios com estradas, água e segurança


A Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, projetos de indicações de autoria do deputado Rigo Teles (PV), pedindo benefícios do “ProgramaMaranhão mais justo e Competitivo” para os municípios de Arame, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Bom Lugar, Feira Nova, Fernando Falcão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Itaipava do Grajaú, Jenipapo dos Vieiras, Mirador, Riachão, Santa Filomena, São Pedro dos Crentes, São Raimundo do Doca Bezerra e São Roberto.    

Nas indicações já encaminhadas ao governador Flávio Dino (PC do B) pela Mesa Diretora da Assembleia, Rigo Teles solicita que – por meio do“Programa Maranhão mais justo e Competitivo” - sejam atendidos os seguintes pleitos da população, formulados por meio da classe política ao parlamentar: motos niveladoras, poços artesianos e viaturas para equipar as polícias Militar e  Civil.

Para o deputado Rigo, a disponibilidade desses benefícios tem como objetivo garantir o desenvolvimento e a segurança para milhares de pessoas dos 18 municípios a serem atendidos pelo governo. As motos niveladoras são necessárias para melhorar a infraestrutura das estradas vicinais, facilitando oescoamento da produção do setor agrícola e o tráfego de veículos sem problemas.

Os poços são necessários para captação de água, em decorrência dos grandes períodos de estiagem enfrentados pelas regiões. Já as viaturas vãogarantir melhores condições de policiamento à população dos municípios no combate à criminalidade, e proporcionar maior segurança, através de ações para prevenção, preservação e restauração da ordem pública.
Nos documentos também encaminhados ao presidente da Caema, ao secretário de Agricultura e ao secretário de Segurança, Rigo diz ser justos ospleitos dos municípios. “Conto com o apoio do ilustre governador Flávio Dino, no atendimento aos pleitos, determinando, assim, autorização para liberação das reivindicações de milhares de maranhenses”, afirmou.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz