segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Rigo Teles mobiliza senadores e deputados federais para legalizar a vaquejada


O líder do Partido Verde na Assembleia Legislativa, deputado Rigo Teles (PV), protocolou Indicação na Mesa Diretora da Casa - já encaminhada aos membros da Bancada Maranhense na Câmara e no Senado Federal - solicitando apoio para legalizar e  retornar as vaquejadas no território nacional, especialmente no  Maranhão, onde a atividade gera emprego e renda para a população.  
No documento encaminhado aos senadores e deputados federais, Rigo Teles solicita a legalização da Vaquejada, considerando que o evento faz parte do calendário turístico nacional, com a participação de milhares de pessoas nas festas realizadas em todos os cantos do Brasil, principalmente no Nordeste.
Para o deputado Rigo, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar inconstitucional uma lei estadual que regulamentava a prática da vaquejada, não foi unânime. “A Vaquejada é uma atividade popular do Nordeste, desenvolvida com base na antiga técnica de capturar os animais que fugiam”, observa.
A defesa de Rigo Teles tem como base a sentença do ministro, Dias Toffoli, do STF, que diz: ''A vaquejada não é uma farra, como no caso da farra do boi, é um esporte e evento cultural. Vejo com clareza solar que essa é uma atividade esportiva e festiva, que pertence à cultura do povo, portanto há de ser preservada''

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz