quinta-feira, 14 de julho de 2016

Júnior Verde destaca importância do programa Diques da Produção


O deputado estadual Júnior Verde (PRB) destacou a importância do  programa ‘Diques da Produção’, uma iniciativa do Governo do Estado que vai incentivar o desenvolvimento econômico de 35 municípios da Baixada Maranhense. O parlamentar, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da  Baixada Maranhense, representou o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), no lançamento do programa.

O Diques da Produção tem como objetivo evitar a salinização dos campos da Baixada Maranhense, retendo a água doce por mais tempo, o que permitirá o crescimento da atividade agropecuária, garantindo a movimentação econômica da região. Os diques armazenarão a água da chuva, que provém de uma precipitação média de 2 mil milímetros de janeiro a junho, e que no restante do ano é praticamente zero.
“A iniciativa só tem a somar com o projeto dos Diques da Baixada Maranhense, em tramitação no Legislativo, que prevê a construção de 71 quilômetros de diques de dois metros de altura cada um, abrangendo os municípios de Viana, Matinha, São João Batista, São Vicente Ferrer, Cajapió, São Bento e Bacurituba. Para a agricultura, a água é fundamental. Com sua contenção através de diques, vamos fazer com que o agricultor tenha água para irrigar sua produção, além de fomentar a própria aquicultura”, avaliou Júnior Verde.
O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista,, explicou que o aumento da oferta hídrica contribuirá para o incremento da economia local, gerando novas alternativas de trabalho e renda para a população. A expectativa é que o projeto comece a ser executado a partir de setembro deste ano. “São várias frentes de trabalho, com algumas intenções, como a melhoria da segurança alimentar, da renda da comunidade e da qualidade de vida do povo da baixada”, garantiu.

Força tarefa - O programa será acompanhado diretamente pelo Comitê Diques da Produção, formado por representantes da Casa Civil, Secretarias de Estado da Agricultura Familiar (SAF); Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima); Desenvolvimento Social (Sedes); e Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), todas trabalhando de forma conjunta para a plena preservação e desenvolvimento das áreas.

Os municípios beneficiados serão Alcântara; Anajatuba; Apicum-Açu; Arari; Bacuri; Bacurituba; Bela Vista do Maranhão; Bequimão; Cajari; Cajapió; Cedral; Central do Maranhão; Conceição do Lago-Açu; Cururupu; Guimarães; Igarapé do Meio; Matinha; Mirinzal; Monção; Olinda Nova do Maranhão; Palmeirândia; Pedro do Rosário; Penalva; Peri Mirim; Pinheiro; Porto Rico do Maranhão; Presidente Sarney; Santa Helena; Santa Rita; São Bento; São João Batista; São Vicente Ferrer; Serrano do Maranhão; Viana; e Vitória do Mearim.

“Esse projeto vem se somar ao desejo que nós temos de aumentar a produção através da contenção de água, pois nós temos vários locais que só precisam de pequenos diques para que possamos permanentemente utilizar essa água para irrigação”, concluiu Júnior Verde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz