terça-feira, 29 de março de 2016

Edivaldo Holanda destaca ampliação de leitos na UTI do Hospital Djalma Marques


O deputado Edivaldo Holanda (PTC) destacou, na sessão desta segunda-feira (28), a oferta de mais 10 leitos de UTI no Hospital Djalma Marques. Ele explicou que havia 10 leitos e agora são 20 leitos de UTI, graças ao dedicado trabalho que vem sendo feito pela Prefeitura de São Luís.
Segundo o deputado, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior conseguiu dobrar a capacidade do chamado ‘Socorrão’, mesmo sob um cenário de dificuldades.
“E eu quero assinalar aqui uma palavra da secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, que destaca a importância do investimento feito para ampliar a oferta de leitos para tratamento intensivo. Diz a secretária: “A determinação da gestão do senhor prefeito Edivaldo Holanda Júnior foi aumentar a capacidade de atendimento e instalar uma infraestrutura moderna que está trazendo mais qualidade, segurança e garantia de melhor assistência aos pacientes”.
Nas palavras do próprio prefeito Edivaldo, “a nova estrutura do Hospital Djalma Marques passa a contar com 20 leitos de UTI. O nosso objetivo é ofertar à população estratégias e políticas de atendimentos cada vez mais eficientes”.
De acordo com informações do deputado, o Hospital Djalma Marques realiza uma média de 12 mil atendimentos mensais em urgências clínicas cirúrgicas, ortopédicas, neurológicas e neurocirúrgicas e desde 2006 não passava por uma reforma física. E o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, mesmo com todas as dificuldades, tem sido o pioneiro em várias intervenções físicas na cidade de São Luís.
“Então o nosso prefeito apesar de ter sido travado durante os dois primeiros anos do seu governo e não ter ficado imobilizado, porque fez um trabalho intensivo no seu primeiro ano de governo e no segundo e terceiro anos e trabalha hoje no quarto ano de governo com muita força e determinação de fazer o melhor por esta cidade de São Luís”, ressaltou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz