sexta-feira, 3 de julho de 2015

Júnior Verde solicita projetos para o Maranhão no Parlamento Amazônico


O coordenador da Juventude do Parlamento Amazônico, deputado Júnior Verde (PRB-MA), cumpre agenda desde ontem (02) na primeira Reunião Ordinária do Parlamento Amazônico, em Manaus (AM), onde está sendo definida a pauta da primeira assembleia do grupo, a ser realizada no dia 26 de agosto, em Boa Vista (RR). O parlamentar representa o Maranhão com o deputado estadual Wellington do Curso, que é coordenador de Direitos Humanos do Parlamento. O Maranhão sediará o 3º Seminário da Instituição, na Assembleia Legislativa, no dia 22 de outubro.
No primeiro dia de atividades, os integrantes definiram o calendário para o exercício 2015/2016 e os temas a serem debatidos no Seminário que será realizado em Roraima. Também foram definidos os coordenadores das nove sedes das Assmbleias Legislativas e apresentadas as prestações de contas da Entidade. 

“Como coordenadores e membros desta importante Instituição, nos empenhamos para representar bem nosso Estado de modo a trazer efetivamente, através das deliberações do Parlamento, benefícios para nossa juventude e para nosso povo”, ressaltou Júnior Verde. 

O Parlamento Amazônico é formado por deputados estaduais dos nove estados que compõem a Amazônia Legal brasileira: Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Maranhão e Tocantins. O objetivo é buscar soluções para problemas vivenciados na Amazônia, com alternativas que aliem desenvolvimento sustentável e crescimento econômico.

Participam do encontro o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Josué Neto (PSD/AM); o presidente do Parlamento Amazônico, deputado estadual Sinésio Campos (PT/AM), deputados estaduais Cel Chagas (PRTB/RR), Antônio Furlan (PTB/AP), Olynto Neto (PSDB/TO), Jory Oeira (PRB/AP), Edna Auzier (PROS/AP), Heitor Junior (PDT/AC), Aurelina Medeiros (PSDB/RR), Lenir Rodrigues (PPS/RR), Gabriel Figueira (PRB/RR), além de membros da mesa diretora e conselho fiscal do Parlamento Amazônico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz