segunda-feira, 8 de junho de 2015

Veriador Marcelo Portela entrega Projeto de Pavimentação a Roberto Rocha em Brasília


 
Com o intuito de conseguir melhorias asfálticas para as ruas e avenidas de Paço do Lumiar e tornar o município mais trafegável, o vereador Marcelo Portela (PHS) esteve em Brasília na última semana e visitou o senador pelo Maranhão, Roberto Rocha (PSB). Na oportunidade, o vereador luminense entregou um projeto básico de pavimentação asfáltica para Paço do Lumiar.

Técnicos do gabinete do senador avaliaram o projeto e elogiaram a forma como ele foi construído, ressaltando as dificuldades hoje das comunidades luminenses, mas acima de tudo propondo soluções efetivas e que podem ser realizadas.

“Um dos maiores problemas luminenses é a questão da falta de asfaltamento em muitas vias que dão acesso, tanto a área urbana, como rural, impedindo os moradores de trafegarem por muitos locais, pela falta de infraestrutura. Nossa luta, desde o inicio da legislatura é proporcionar melhorias aos luminenses. Esse é o nosso compromisso”, ressaltou Marcelo.

O vereador agradeceu o senador Roberto Rocha pela receptividade. “O Roberto Rocha agora é um parceiro de Paço do Lumiar, tenho certeza que nos ajudará a mudar essa realidade no município. Agradeço, pois teve sensibilidade para nos receber e atentar para a situação das vias do município, onde muitas estão em situação caótica, intrafegáveis”, destacou.

Roberto Rocha avaliou positivamente a visita do vereador Marcelo Portela. “Fiquei impressionado com a qualidade do projeto apresentado pelo vereador e me disponho a buscar soluções para ajudar no que for possível o município de Paço do Lumiar”, disse.

O projeto visa contemplar asfaltamento, drenagem superficial e profunda em comunidades urbanas e em vias de acesso a zona rural do município. De acordo com o vereador, as melhorias no acesso às mais diversas localidades, dará mais mobilidade aos munícipes, além de ajudar no escoamento da produção. Marcelo Portela ressaltou que, as ações devem atender também as comunidades tradicionais, que hoje estão sob o risco de despejo forçado. “Com melhorias na infraestrutura da malha viária, vamos dar maior mobilidade e também oferecermos mais uma forma de consolidar, as comunidades que hoje sofrem constantes ameaças de despejo”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz