quinta-feira, 4 de junho de 2015

Comissão de Obras da Alema Visita Duplicação da BR 135



O Presidente da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa, deputado Vinicius Louro (PR) visitou a obra de duplicação da BR 135 na manhã desta quarta 03/06, com os deputados, César Pires (DEM), Glaubert Cutrim (PCdoB), Zé Inácio (PT) e o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) no município de Bacabeira (48 km de São Luís).
A visita foi acompanhada pelo prefeito de Bacabeira, Alan Linhares, Antônio Lúcio (Superintendente substituto do DNIT) e Sr. Carlos representante da construtora que é responsável pela a obra. O objetivo da visita foi acompanhar e solicitar o correto andamento da duplicação que encontram se atrasadas.  As obras na BR-135 começaram em setembro de 2012 e deveriam ser entregues em outubro do ano corrente. Mas, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, a primeira etapa só ficará pronta em agosto de 2015.

De acordo com Antônio Lúcio, representante do DNIT explica a paralização da obra. “Nós passamos um período de chuvas que prejudicou o andamento da obra, seria impossível dar sequência na duplicação, outro motivo foi a grande irregularidade no solo que se manteve impróprio em alguns trechos. O problema já foi solucionado e as obras já foram reiniciadas, nosso prazo agora é entregar a duplicação ainda este ano”.

O deputado Vinicius Louro, avaliou a visita. “Constatamos que ainda há muito por fazer nesta duplicação, ela tem causado transtornos para milhares de maranhenses que trafegam diariamente por aqui. É preciso acelerar, a entrega desta primeira etapa irá desafogar os longos congestionamentos diários que presenciamos na entrada de São Luís, ceifando vidas”, afirmou o Presidente da Comissão de Obras da Alema.

Cerca de 300 operários trabalham nas obras de duplicação da BR-135. São mais de 500 trabalhadores indiretos. Alguns trechos entre a Estiva e o município de Bacabeira já estão prontos. A correria agora é pra conseguir entregar a primeira etapa este ano sem adiar de novo o prazo para a entrega.





Valtervi Passos - Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz