quinta-feira, 14 de maio de 2015

Federação e Senar se destacam com ações da produção rural no Agro balsas


Com programação vasta e permanente, a Federação de Agricultura e Pecuária do Maranhão, (Faema) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, (Senar), participam desde o início desta semana, de mais uma edição da Feira do Agronegócio de Balsas, (Agrobalsas).

Nesta quarta, (13), foi ministrada pelo assessor técnico da Confederação Nacional da Agricultura, (CNA),  Paulo Vicente Costa, a palestra sobre o Cartão do Produtor.  Na oportunidade foram revelados os motivos pelos quais são importantes que o pequeno  rural participe do processo.

O CNA Card facilita a vida do produtor rural, permitindo solicitar e imprimir Guias de Trânsito Animal, bem como pagar as respectivas taxas, com maior conforto e agilidade, além de gerar benefícios e agregar novas tecnologias ao dia a dia do produtor.
Card

Além de promover palestra sobre o CNA Card, o sistema Faema/ Senar também participou da mesa redonda sobre Agricultura de Baixa Emissão de Carbono, (Plano ABC) realizada pela Secretaria Estadual de Agricultura, (Sagrima).

Durante todo o dia, passaram pelo estande deste sistema diversas personalidades do agronegócio, mas também do governo estadual e municipal. Dirigentes sindicais, estudantes, políticos e profissionais de diversas áreas, também estiveram no local que manteve durante todo o dia oficinas do beneficiamento da raiz da mandioca e da cachaça orgânica com instrutores da instituição. Também no local, a Faema/Senar manteve equipe para atender produtores no cadastramento ambiental rural, (CAR).

“O foco do nosso trabalho aqui no Agrobalsas é o produtor rural. Por isso fizemos nossa programação com ações voltadas a eles. As oficinas e as palestras com temas relevantes foram pensadas na capacitação deste segmento. O sucesso com isso é certo”, disse o superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, quanto recebia visitas de diversas personalidades do agronegócio maranhense..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz