segunda-feira, 18 de maio de 2015

Caminhada marca o dia de combate à violência infantil em Paço do Lumiar


A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) realizou na manhã desta segunda, 18, uma caminhada pelas ruas do conjunto Maiobão para reforçar a necessidade da proteção de crianças e adolescentes. Com faixas, apitos e personagens infantis, assistentes sociais e servidores entregaram panfletos e cartazes aos pedestres, motoristas e comerciantes, sobre a campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.  

A secretária de Desenvolvimento Social, Ivone Oliveira, esteve em todo o percurso e exaltou o papel da sociedade e da família em especial, na proteção do público infantil. “Todos nós somos responsáveis pela não violação dos direitos das crianças. Esta mobilização é só uma programação, visto que desenvolvemos políticas protetivas ao nosso público acontece todos os dias”, ressaltou.

A comunidade recebeu positivamente a ação, como a aposentada Maria de Lourdes Ferreira, 68, que enfatizou: “Criança tem que brincar, estudar, se preparar para a vida. A família tem que resguardar todas essas fases da infância e zelar pela integridade física e moral”.

Sobre o 18 de Maio - No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O  “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz