terça-feira, 7 de abril de 2015

Município De Codó Está Entre As 22 Cidades Pré-Selecionadas Para Receber Cursos De Medicina


A vereadora Maria Paz iniciou suas palavras na sessão da câmara parabenizando a todos os cidadãos da vizinha cidade de Timbiras pelo seu aniversário de emancipação política. “Quero parabenizar a população inteira de Timbiras pelos seus 95 anos de existência e agradecer ao carinho do povo, que há cinco anos, em 2010, me recebeu de braços abertos. Tenho o privilégio de trabalhar em Timbiras há cinco anos e conhecer um pouco daquela história e poder ser tão acolhida pelas pessoas”.
HGT e serviço de reabilitação
A parlamentar comentou a chegada do Hospital Geral de Timbiras (HGT), que ajudou o município a cuidar da saúde de seus habitantes, e sobre a sua contribuição como profissional na cidade. “Há cinco anos fui convidada para iniciar os serviços de reabilitação naquela cidade. Esse tipo de serviço a cidade ainda não dispunha na época. Fomos os primeiros a disponibilizar esse serviço. Fico feliz em também poder contribuir com a melhora da saúde da população. Amo minha profissão e a coloco a serviço das pessoas da cidade, assim como faz o doutor Claudio Paz
Cidade de Codó pré-selecionada para receber cursos de medicina
Maria Paz destacou com bastante satisfação o fato de Codó estar entre as 22 cidades, de oito estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, que foram pré-selecionadas para receber novos cursos de medicina em instituições particulares por meio do programa Mais Médicos, anunciado pelo Ministério da Educação na última quinta-feira (2). “Nossa cidade de Codó, juntamente com Chapadinha e Santa Inês, foi pré-selecionada para receber esses cursos aqui no Maranhão, e tenho certeza que nosso prefeito irá se empenhar para estarmos preparados e recebermos a visita dos técnicos do Ministério da Educação”, comentou.
Indicação
A edil encerrou seu discurso discorrendo sobre a sua indicação, na qual solicita ao poder público executivo um projeto de acessibilidade para a Av. Afonso Pena e para o centro comercial da cidade, devido aos problemas enfrentado por pedestres no deslocamento pelas calçadas irregulares do centro de Codó. “Precisamos tomar alguma providencia em relação as vias de acesso de pedestres. Crianças, idosos e deficientes físicos também precisam ter segurança para se deslocarem no centro, mas não há fiscalização e as calçadas possuem muitas irregularidades. Solicitamos uma fiscalização no centro para que possamos permitir o deslocamento seguro dos codoenses”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz