segunda-feira, 27 de abril de 2015

Edivaldo e a Zona Rural de São Luís

O prefeito Edivaldo está trabalhando ativamente na zona rural de São Luís com a realização de ações de melhorias da rede de saúde, educação, transporte e geração de renda, sobretudo, na área da agricultura familiar. A Prefeitura também tem trabalhado no sentido de garantir moradia digna às famílias e vai entregar 2.220 unidades habitacionais do Residencial Ribeira, localizado na BR-135.
Na última terça-feira (21), o prefeito Edivaldo esteve na Vila Nova República, quando a Prefeitura levou para a região a segunda edição do programa Todos por São Luís. Durante todo o dia, foram ofertados diversos serviços nas áreas da saúde, educação, esporte e lazer, orientação jurídica e assistência social, paisagismo, cursos de qualificação e rodas de conversas. As ações foram definidas a partir de reuniões realizadas pela Prefeitura com a comunidade.
A proposta do programa, que é coordenado pela primeira-dama do Município, Camila Braga, é aproximar os serviços da Prefeitura da população e abrir interlocução direta com as comunidades.
“Temos mantido o diálogo constante com as comunidades, ouvindo as demandas e buscado atendê-las. Na zona rural, investimos em saúde, educação e temos trabalhado para garantir geração de renda aos moradores da região. Temos nos empenhado para modificar a realidade adversa histórica encontrada na zona rural e garantir mais dignidade e qualidade de vida também à população desta região de nossa cidade”, disse o prefeito Edivaldo.
Dentre as principais melhorias que estão sendo executadas na zona rural, o prefeito enumerou o reforço do transporte escolar para a redução da evasão estudantil na área e também de ônibus de linha para transporte público convencional. Ele citou ainda a entrega de posto de saúde reformado na Vila Nova República e a assinatura do termo de compromisso que possibilita a compra da produção agrícola local como avanços levados à zona rural.
Na quarta-feira (22), o prefeito fez a entrega de 19 ônibus escolares para transportar crianças, dentre os quais 10 serão usados especificamente na zona rural. Os novos ônibus somam-se aos 44 que já estão servindo os estudantes da rede municipal beneficiando cerca de 4.500 estudantes. Os veículos entregues contam com ar-condicionado e plataforma com elevadores e cadeira para acompanhante e são adaptados para estudantes com deficiência.
Entre as escolas beneficiadas com os novos veículos estão as Unidades de Ensino Básico Manuella Varela (Cajueiro), Saraiva Filho (Cajupe), Primavera (Tibiri), Cleonice Lopes (Tapera Maracanã), João Mohana (São Raimundo), Joaquim Pinto (Maracujá), Rio Grande (Rio Grande), Evandro Bessa (Santa Bárbara), Sarney Filho (Andiroba) e Gomes de Sousa (Vila Maranhão).
Os usuários de transporte coletivo da zona rural de São Luís também foram beneficiados com a entrada em operação de ônibus novos, garantidos pelo prefeito Edivaldo. Os novos coletivos começaram a circular na região no início de março. O convênio firmado pela Prefeitura com o governo do Estado no valor de R$ 20,6 milhões também inclui pavimentação de vias na Vila Nova República, por exemplo, e prioriza a requalificação asfáltica em vias por onde passa o transporte público.
Com o intuito de ampliar e garantir renda aos agricultores da zona rural, o prefeito Edivaldo assinou no mês passado Termo de Compromisso do Beneficiário Fornecedor entre a Prefeitura de São Luís e 300 agricultores pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O programa possibilita a compra da produção dos agricultores familiares da zona rural de São Luís. Entre os produtos adquiridos pela Prefeitura estão hortifruti, frango e produtos oriundos do extrativismo das regiões de Matinha, Cinturão Verde e Tajipuru.
Na área da saúde, foi reformada a Unidade de Saúde da Família José de Ribamar Frazão Corrêa, localizada na Vila Nova República, que atende cerca de 100 pessoas por dia. A unidade teve todos os ambientes reformados e climatização dos consultórios, além de ampliação com a construção de uma sala de reunião e um banheiro adequado a pessoas com deficiência. As obras incluíram ainda a revisão geral das instalações hidráulicas, sanitárias e elétricas e pintura dos ambientes internos e externos.
No local, atuam duas equipes do Programa Saúde da Família (PSF), que realizam consultas nas áreas de clínica médica e ginecológica, além de acompanhamento pré-natal e ações relacionadas à prevenção de doenças, diagnóstico e tratamento. Os usuários da comunidade poderão contar ainda com os serviços de vacinação, nebulização, verificação de pressão arterial e curativos de pequeno porte.
Para facilitar o acesso das famílias a serviços de saúde, a Prefeitura está realizando a reforma do Atendimento Médico Ambulatorial (AMA), localizada no Maracanã, com capacidade de atendimento mensal de 8 a 9 mil pessoas e funcionamento 24 horas por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz