terça-feira, 14 de abril de 2015

Deputados prestam homenagem ao secretário municipal Jerry Abrantes


Os deputados Fábio Macêdo (PDT), Othelino Neto (PCdoB), Rafael Leitoa (PDT), Edivaldo Holanda (PTC) e Adriano Sarney (PV), durante a sessão desta segunda-feira (13), lamentaram o falecimento do secretário de Desporto e Lazer, de São Luís, Jerry Abrantes, ocorrido no último sábado, na capital.

No plenário, os deputados suspenderam a sessão para minuto de silêncio em homenagem póstuma a Jerry Abrantes.

“Jerry Abrantes deixa um legado muito grande no partido, de companheirismo, amizade e de serviço prestado em São Luís, onde também exerceu os cargos de secretário de Trânsito e Transporte de São Luís e  de Adjunto na Secretaria de Comunicação Social do Estado. Quero deixar aqui o meu pesar à sua família; que Deus conforte o coração dos seus filhos, da sua esposa e dos seus amigos”, disse Fábio Macêdo, pedindo um minuto de silêncio em homenagem a Jerry Abrantes.

Othelino Neto ao lamentar, com pesar, a morte de Jerry Abrantes, se solidarizou com o PDT pela perda de um dos seus ilustres filiados. “Lamento, com pesar, o falecimento prematuro do militante, político, Secretário de Esportes da Cidade de São Luís, o pedetista Jerry Abrantes. Cidadão que dedicou grande parte da vida às lutas populares do Maranhão. Quero aqui me solidarizar com todo o PDT pela perda de um dos seus quadros mais importantes”, afirmou o deputado, se solidarizando, também à família de Jerry Abrantes.


“O PDT está de luto. Dificilmente, esse vazio que o companheiro Jerry nos deixa será preenchido; até porque ninguém estava esperando esse desaparecimento tão prematuro do companheiro que tanto fez por essa cidade e por esse partido”, acentuou o deputado Rafael Leitoa, lembrando que Jerry Abrantes deixou a esposa Larissa e três filhos: Jerrinho, Carol e Camila.

RECONHECIMENTO

Rafael Leitoa também lembrou que nesta quarta-feira (14), por indicação do vereador Ivaldo Rodrigues, Jerry Abrantes seria condecorado com o título de Cidadão Ludovicense. Agora, a entrega do título póstumo - que será entregue à sua esposa, Larissa - será adiada.

“Será um título póstumo por todos os trabalhos realizados pelo nosso companheiro, como secretário de Trânsito e como secretário de Esportes. Jerry tinha a capacidade de sempre aglutinar, de orientar toda a militância da juventude do PDT, que já fez diversos líderes”, disse Rafael Leitoa, lembrando ainda que este ano o partido fará um Congresso que terá a denominação em homenagem a Jerry Abrantes.

POLÍTICA

O deputado Edivaldo Holanda disse que Jerry Abrantes Chegou ao Maranhão muito jovem e encontrou, no PDT, uma forma de continuar a política que a sua família sempre fez na cidade Sousa, estado da Paraíba. Também destacou que ele deu sua contribuição em momentos difíceis da política do Maranhão, tendo ocupado cargos importantes na política estudantil e também na vida pública administrativa do município de São Luís e do Estado do Maranhão.

“Eu fiquei muito sentido com o passamento desse grande companheiro, um jovem competente que tinha muito a contribuir ainda com esta cidade e com o Estado do Maranhão. Eu deixo aqui minhas condolências, meu abraço fraterno e solidário a sua esposa, Larissa, a todos os seus filhos e familiares que estiveram aqui em São Luís; um abraço a este partido, o PDT, do qual o Jerry era militante e que deu uma grande contribuição”, finalizou Edivaldo Holanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz