terça-feira, 17 de março de 2015

Júnior Verde pede autonomia para Secretaria da Juventude


                   O deputado estadual Júnior Verde (PRB) destacou nesta terça (17), em seu pronunciamento, no plenário da Assembleia Legislativa, a Indicação apresentada por ele requerendo a desvinculação da Secretaria de Estado da Juventude à Casa Civil, transformando-a em Secretaria Ordinária. O objetivo é desburocratizar os processos e procedimentos voltados para os programas de políticas públicas.
A pasta da Juventude hoje tem status de Extraordinária,  e a transformação em Secretaria Ordinária dotaria a pasta de uma estrutura com autonomia operacional e orçamentária. “A participação da Juventude tem sido cada vez maior nas áreas econômicas e educacionais do nosso Estado, tornando-se imprescindível a observação, o incentivo e o cuidado com esse público. Uma secretaria ordinária terá maior condições de arrecadar fundos que incentivam a juventude nos âmbitos culturais, educacionais, na prevenção de doenças, acidentes, na saúde em geral, e no acesso a empregos, visto ser este um segmento que muito contribui para a economia do Estado”, justificou Júnior Verde.
Segundo ele, apesar da criação do Conselho Estadual da Juventude (CEJOVEM), não existem programas públicos que protejam esse público de forma específica e direcionada. “Não há, por exemplo, programas estaduais que combatam a criminalidade entre os jovens, o uso de entorpecentes, e não há um Hospital especializado para atendê-los. Em que pese se tratar de cidadãos sem grandes experiências, é um grupo com cada vez mais consciência social. Acredito que o investimento na juventude é, sem dúvida, um investimento no futuro”, finalizou o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz