terça-feira, 10 de março de 2015

Fernando Furtado apresenta projeto para garantir pagamento de vigilantes


O deputado Fernando Furtado (PC do B) anunciou, nesta segunda-feira (9), durante pronunciamento na tribuna, que apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa, propondo o pagamento, em dia, dos vigilantes do Estado do Maranhão.    

Fernando Furtado afirmou que a ideia do seu projeto é a de fazer com que o governo do estado garanta o pagamento dos vigilantes, no ato do repasse dos recursos financeiros às empresas, que sempre atrasam os salários dos trabalhadores, prejudicando assim os seus familiares.

Ao saudar os companheiros do Sindicato dos Vigilantes (Sindivig), Raposo, Daniel e os demais presentes na galeria, Fernando Furtado revelou que alguns vigilantes não recebem dinheiro há cinco meses, e passam dificuldades com seus familiares.  

De acordo com Furtado, as empresas terceirizadas que firmaram contratos milionários no governo anterior estão deixando um rombo de quase R$18 milhões. “As terceirizadas recebem dinheiro do estado, mas não pagam os trabalhadores”, lamenta.

CALOTE NO TRABALHADOR 

No pronunciamento, Fernando Furtado denunciou que existem empresas terceirizadas de vigilância que simularam falência e já trocaram de CNPJ, até seis vezes, para dar calote nos trabalhadores e não pagar seus salários, tampouco as obrigações trabalhistas e previdenciárias previstas na Lei.

O parlamentar lembrou a situação enfrentada recentemente pelo governo do estado, durante uma greve na área da educação. Segundo ele, com muito trabalho liberaram cerca de R$ 5 milhões para que as empresas pagarem os vigilantes grevistas.

O parlamentar afirmou que as empresas New Service e Colt estariam agindo de má fé com os funcionários. “Precisamos garantir também o pagamento do fundo de garantia, do 13º salário, das férias, dos abonos e das multas do FGTS aos trabalhadores do setor de vigilância”, apelou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz