terça-feira, 3 de março de 2015

Cutrim parabeniza governador por convocação dos excedentes da PM

O deputado Raimundo Cutrim (PCdoB), em pronunciamento feito na sessão desta segunda-feira (02), parabenizou o governador Flávio Dino por estar mantendo o seu compromisso de campanha de chamar os excedentes da Polícia Militar.

Cutrim afirmou ter sugerido ao governo fazer o curso de formação em seis meses, prazo, segundo ele, suficiente para que os profissionais saiam com os conhecimentos básicos da Polícia Militar. “Parabenizo o governador Flávio Dino por manter o seu compromisso de campanha de chamar os mil excedentes da Polícia Militar. Isso é muito importante, sobretudo, porque a população precisa de mais policiais militares, bombeiros militares e policiais civis, já que o efetivo ainda é pequeno”, afirmou o deputado.

Segundo Cutrim, em 1997, o efetivo era de 5.252 policiais militares; o Corpo de Bombeiros era de cerca de 800. Hoje, o Estado possui mais de 8.500 policiais militares; o Corpo de Bombeiros já tem mais de 1.300 e, os policiais civis, que em 97 eram somente 72 delegados, hoje são mais de 350 delegados de Polícia Civil de carreira.  

“A população aumentou, o Estado evoluiu e nós precisamos de mais profissionais para que a Polícia Militar faça o trabalho preventivo e ostensivo e para que a Polícia Civil faça o seu trabalho de polícia judiciária”, afirmou, acentuando ainda que o trabalho feito na sua gestão, para que pudesse haver a interligação das duas polícias.

Cutrim também lembrou que, na sua gestão, foi criado e instalado o Ciops; a Academia de Polícia Civil; o Centro Integrado de Defesa Social (Ciods), bem como as escolas militares do Corpo de Bombeiro e da Polícia Civil, em São Luís, Imperatriz e Bacabal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz