quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O sucesso do Carnaval de Codó


Em 2015 a programação do 7º Carnaval da “Nossa Gente” agradou aos codoenses e aos milhares de turistas e visitante que chegaram a cidade para curtir o período de folia momesca.
Como é tradição, o Carnaval da “Nossa Gente” ofereceu um enorme gama de opções para os brincantes. Os destaques desse ano ficaram por conta dos tradicionais bailes oficiais, blocos de rua e das atrações musicais no trio e no chamado Corredor da Folia.
Grandes bandas passaram pelas ruas e avenidas de Codó e pelo palco principal como lilly Araujo, Banda Selvagens, Mister Axé, Sacode e Banda Contra Mão, no Axé. No pagode e Swingueira o povo pôde curtir o som de Banda Prakisamba, Banda Swing Beat, além do Elétrico do Chamego Quente, Banda Destak, Banda Forró da Curtição e a prata da casa, Fruta Nativa. Foram cinco dias de boas atrações e muita alegria na pista e nos camarotes do Corredor da Folia.
Durante o dia a e a tarde, os foliões mais vorazes puderam participar nos inúmeros blocos de bairros e os mais tradicionais da cidade, como o jovial Vivo Bebu, o irreverente Bloco das Bonecas, o curtido Resaca com Enxaqueca, o Tsunami, entre tantos outros que fizeram a alegria dos brincantes.
carnavalcodo1
Segurança – Outro quesito que agradou a todos foi a segurança pública. Como em outros carnavais, as polícias militar e civil, com auxílio da Guarda Municipal e dos mais de 200 seguranças contratados fizeram um trabalho diligente e objetivo, coibindo os delitos e crimes no Corredor da Folia e nas imediações. As operações nos bairros de Codó também foram bem sucedidas e trouxeram mais tranquilidade aos foliões.
Devido ao número baixo de ocorrências e a atuação rápida das forças de segurança, a organização do evento considerou como grande sucesso a semana. Mais uma vez a boa programação, aliado a organização governamental, a iniciativa popular e a alegria do povo de Codó fizeram com que a cidade mantivesse seu título de o carnaval mais animado do interior do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz