quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Coffee-break reune profissionais da comunicação na ALEMA


A Diretoria do Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa reuniu, na manhã desta quarta-feira (11), jornalistas, radialistas e blogueiros para um coffee-break, a fim de estreitar relações entre os profissionais responsáveis pela cobertura diária do parlamento estadual.

Para o novo diretor, Carlos Alberto Ferreira, o momento é ideal para estabelecer uma relação de diálogo e respeito com a parte oficial da Casa e o Comitê de Imprensa. “Esse primeiro contato é importantíssimo para que, juntos, possamos praticar a transparência dentro do legislativo. E, a consequência disso, com certeza, será oferecermos o melhor serviço para nossos leitores, ouvintes e telespectadores”, afirmou.

Para isso, Carlos Alberto garantiu disposição total. Além de discutir ideias, ele disse que pretende ouvir as reivindicações de todos os comunicólogos que prestam serviços diretamente para os 42 deputados estaduais. “A porta da minha sala estará sempre aberta para recebê-los e ouvi-los”, frisou.

O jornalista, Cunha Santos, que é presidente do Comitê de Imprensa da Assembleia, participou do evento e, na oportunidade, assegurou que essa conjunção de esforços conduzirá o setor de comunicação da ALEMA a momento melhor. “É isso que precisamos fazer, unir forças para que esse trabalho chegue ao melhor possível, até porque o Maranhão vive um tempo de mudança de poder e é preciso avaliar como será o tratamento da imprensa diante desse novo fato. Tanto por parte da crítica, como da imprensa oficial”, analisou.

O deputado estadual, Professor Marco Aurélio (PCdoB) também prestigiou o evento e, fez questão de registrar a importância da interação entre os meios de comunicação da Casa. “Tenho DRT e fui apresentador de programa de TV. A palavra do deputado, quando faz uma cobrança ou uma reivindicação da tribuna, só tem força graças ao trabalho de divulgação da TV e dos outros meios, que funcionam de forma integrada. Aqui, existe essa sintonia, o que é muito importante para os nossos trabalhos legislativos”, elogiou.

Por fim, foi exibido um vídeo institucional com o novo conceito de comunicação da Assembleia Legislativa que, agora, tem como princípios a integração e a transparência entre o parlamento e os cidadãos.

“O papel da comunicação é da transparência com os atos do poder público. Aqui, nós temos a melhor estrutura de comunicação do Estado do Maranhão e vamos transformar toda essa estrutura em trabalho de tal forma que todos os atos, ações e encaminhamentos dos deputados e da mesa diretora possam chegar à população de forma eficiente, transparente e verdadeira”, ressaltou Carlos Alberto após a apresentação.

ELEIÇÃO DO COMITÊ DE IMPRENSA

Ainda durante o evento, foi divulgada a eleição para presidência do Comitê de Imprensa, que terá data definida após o recesso de carnaval. Enquanto isso, os jornalistas decidem se haverá duas chapas na concorrência ou se será chapa única.

Atualmente, o Comitê é comandado pelos jornalistas e radialistas Cunha Santos (presidente), Rogério Silva (vice-presidente) e Gilberto Léda (secretário).

MUDANÇAS NA COMUNICAÇÃO

O Complexo de Comunicação dá inicio aos trabalhos com novos núcleos de atividades afins. Os principais serão: Núcleo de Jornalismo da Televisão, comandado pela jornalista Natália Macedo; Núcleo de Produções Especiais, pelo próprio diretor, Carlos Alberto; Núcleo do Portal e Social Media, pela jornalista Jacqueline Heluy; Núcleo de Publicidade e Propaganda Institucional, pela apresentadora de TV, Denise Araújo; e Núcleo de  Rádio e Vozes, pela jornalista Josélia Fonseca.

“Quanto mais se cuida da imagem, mas se procura mostrar transparência e a intenção da nova direção em geral é essa: aproximar o parlamento do povo, porque acreditamos que a Assembleia é uma Casa do povo, feita para eles”, explicou Denise Araújo, coordenadora de publicidade.

Outra novidade anunciada será a elaboração de um manual de Redação e Compromissos Éticos dos jornalistas que trabalham na emissora. Para isso, o diretor irá nomear uma comissão.

Na nova configuração desenhada, haverá ainda parcerias com outras entidades do Estado, como Governo, Prefeitura de São Luís, Câmara Municipal, Tribunal de Justiça e de Contas e Ministério Público, que serão encaixados na grade de programação da TV Assembleia. “Nosso objetivo com isso é dar a oportunidade para esses poderes de falar com a população”, disse Carlos Alberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz