sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Jefferson Portela é empossado presidente do Conselho Estadual de Trânsito do Maranhão


Articular a realização de trabalhos dos órgãos ligados ao Sistema Nacional de Trânsito no estado e elaborar campanhas educativas para reduzir o número de acidentes estão entre as metas assumidas pelo novo presidente do Conselho Estadual de Trânsito do Maranhão (Cetran-MA), o secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela. A posse aconteceu nesta quinta-feira (22).
Por lei, a comando do conselho é atribuição do secretário da pasta de segurança. Sete dos onze conselheiros estiveram presentes à cerimônia de posse. Ao assumir o posto, Portela revelou que a integração entre os conselheiros é a melhor doutrina de trabalho. “Estamos aqui para agir em beneficio do conselho e das ações desempenhadas por ele. Isso precisa ser feito em conjunto e eu estou aqui para somar com o grupo”, pontuou. 

O então vice-presidente do conselho e representante da secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Francisco Peres, deu as boas vindas ao novo presidente e ressaltou a importância do conselho. “Temos uma missão e ela não é apenas de julgar multas, mas planejar campanhas educativas e trabalhar para a diminuição das mortes no trânsito do estado”, disse.
Conselho Estadual de Trânsito do Maranhão


O Cetran-MA é um órgão do sistema de trânsito instituído por Lei Federal nº 9.503, de 23 de novembro de 1997. Ligado a Secretaria de Segurança Pública, onde fica sua sede, os recursos destinados a ele são provenientes do Departamento Nacional de Trânsito (Detran-Ma).

Tem entre suas principais atribuições o acompanhamento e a coordenação das atividades de administração, educação, fiscalização, policiamento ostensivo de trânsito, formação de condutores, registro e licenciamento de veículos, articulando os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito no estado.

É formado por membros da secretaria de Estado de Segurança Pública e de Infraestrutura, Polícia Militar do Maranhão, Detran-MA, esfera municipal com representantes das cidades de São Luís, Bacabal e Imperatriz; e de entidades civis – representadas pelo Sindicato das Empresas de Transportes (SET), Sindicato dos Rodoviários,  do Serviço Social do Transporte (SEST) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz