quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

A Prefeitura Municipal de Codó e o Tribunal de Justiça do Maranhão realizaram o Projeto Casamento Comunitário no município.

. O evento, ansiosamente aguardado pela população codoense, aconteceu no Ginásio de Esportes Carlos Fernando, a partir das 15h. Uma grande estrutura foi montada pela prefeitura e pelo TJ para a realização da cerimônia, que inclui cenário e ornamentação para fotografias, recepção dos casais, moderno sistema de sonorização, distribuição de brindes e um eficiente esquema de segurança, que contou com o apoio da PM, guarnições da Guarda Municipal e Agentes de Trânsito do Município de Codó.
Cercados de pompa e muita alegria, 553 casais disseram o sim durante a celebração do casamento, que foi realizada pelo O corregedor-geral da Justiça, desembargador Dr. Cleones Carvalho Cunha e o juiz de Direito da Comarca de Codó, Dr. Cândido José Martins Oliveira, além dos nove magistrados presentes. Estavam presentes autoridades municipais,empresários e representantes da sociedade civil organizada.
O prefeito de Codó, Zito Rolim, entregou ao corregedor-geral, Cleones Carvalho Cunha, e ao chefe da comarca de Codó, Dr. Cândido José Martins Oliveira, a Comenda Babaçu, maior honraria municipal, e uma Placa de Reconhecimento pelos serviços prestados a sociedade codoense. “Quero agradecer ao Dr. Cleones, Dr. Cândido e todos os magistrados pela oportunidade desse grande evento, tão importante para nossa população”. Disse. Na solenidade, Dr. Cleones Cunha homenageou três juízes da Comarca de Codó com a Medalha dos 200 Anos, concedida a magistrados pelos serviços prestados.
Movimentação da economia
Os expressivos números do Casamento Comunitário de Codó movimentaram a cidade e envolveu grande parcela da sociedade codoense. A festa para os 553 casais, seus familiares e amigos envolveu um volumoso número de empresas e profissionais, que atuaram diretamente no evento ou trabalharam para que as famílias realizassem suas festas particulares. De acordo com o Secretário de Governo, Ricardo Torres,
A comunidade em geral abraçou o evento. O clima positivo e de comemoração se espalhou pela cidade. Além do evento principal, que ocorreu no Ginásio Esportivo, tivemos a celebração e confraternização particular na residência de cada casal que comprovou sua união, seu estado civil e resgatou a cidadania. O evento também teve um grande impacto na economia local, movimentando as empresas de alimentação, confeitaria, decoração, estética e beleza e transporte para a produção da festa dos casais”. Lembrou o Secretário.
Valorização da Família
Para o prefeito Zito Rolim, o efeito mais importante do projeto, além de seu valor institucional e a movimentação da economia, é a valorização da instituição familiar. “Primordialmente esse evento exalta o valor da família. Da importância da constituição do matrimônio e da formação do núcleo que é a base de nossa sociedade. Esse fator é que nos fez embarcar de corpo e alma nesse projeto, junto com o Tribunal de Justiça, a classe empresarial e a mobilização de toda a sociedade codoense”. Finalizou.
Casamentos Comunitários é um projeto da Corregedoria Geral da Justiça e é realizado em diversas comarcas do Maranhão desde 1999. Ele foi instituído pelo desembargador Jorge Rachid, corregedor-geral da Justiça à época. O projeto é uma alternativa para casais que não têm condições financeiras de arcar com as despesas de um casamento tradicional. Todas as custas são gratuitas, sendo arcadas pelo Fundo Especial das Serventias de Registro Civil de Pessoas Naturais (Ferc) do Tribunal de Justiça do Maranhão.
Corregedor-geral Cleones Cunha entrega MEDALHA dos 200 anos à juízes da Comarca de Codó

Prefeito de Codó homenageia juízes com Comenda Babaçu e placas de Reconhecimento

Juízes que fizeram o casamento de 553 casais em Codó

Adicionar comen

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz