quarta-feira, 23 de outubro de 2013

CNM e FAMEM irão promover Diálogo Municipalista


A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) realizam no dia 31 deste mês, em São Luís, o projeto Diálogo Municipalista, iniciativa que visa reunir prefeitos e prefeitas com o objetivo de discutir a implantação nas gestões municipais de melhores práticas administrativas.

O evento acontece durante todo o dia (das 8h às 17h) no Brisamar Hotel, na Ponta D¿Areia. As inscrições gratuitas podem ser feitas através do www.FAMEM.org.br, clicando no banner do evento em destaque no site da entidade municipalista.

O Diálogo Municipalista é um projeto realizado anualmente em todos os estados e que objetiva congregar gestores públicos com o intuito de discutir as necessidades dos municípios brasileiros, levando em consideração a peculiaridade de cada região do país. Até o momento, a iniciativa já foi promovida em Palmas, Belo Horizonte, Salvador, Aracaju Maceió, Recife e Regente Feijão (SP).
No Maranhão, a programação será composta de temas que envolvem a discussão da pauta política de interesse dos municípios; projetos municipalistas; desenvolvimento econômico local; além da modernização da gestão pública.

Na oportunidade, o presidente da FAMEM, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), apresentará na sua palestra, cujo tema será 'Cenário e Tendência do IDHM Maranhense', levantamento elaborado pela entidade municipalista maranhense que mostra o perfil de enquadramento das cidades do Estado no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM).
O levantamento, feito com base em informações estatísticas do Atlas de Desenvolvimento Humano do Brasil dos últimos 20 anos, inclusive a versão divulgada em 2013, revela um cenário de avanço na qualidade de vida da população maranhense.
Embora permaneça na penúltima colocação entre os estados da federação, o IDHM atual do Maranhão é 0,639, o que o coloca na faixa Média (0,600 a 0,699).

No entanto, de acordo com o Atlas do Desenvolvimento Humano divulgado este ano, dos 300 municípios brasileiros que apresentaram IDHMs muito baixos, 52 estão no Maranhão.
'Mês passado, apresentamos esse levantamento ao Governo Federal com o objetivo de sensibilizá-lo, sobretudo os Ministérios que tratam das políticas públicas voltadas para a promoção e o desenvolvimento dos setores de saúde, educação e renda, para que incluam todos os 158 municípios maranhenses classificados na faixa de Baixo e Muito Baixo Desenvolvimento Humano pelo PNUD entre os prioritários para a destinação das verbas federais', afirmou Gil Cutrim.
'E iremos compartilhar essas informações com os prefeitos e prefeitas maranhenses para que, juntos, possamos retornar à Brasília e cobrar maiores investimentos da União', completou.
Programação do Diálogo Municipalista 2013 no Maranhão
08h - Credenciamento
09h - Sessão solene de Abertura
10h - Discussão da pauta política - Paulo Ziulkoski (presidente da CNM)
11h - Palestra 'Cenário e Tendência do IDHM Maranhense'. Palestrante: Gil Cutrim, presidente da FAMEM.
14h30 - Palestra 'Projeto Experiência Municipalista, ITR e ICMS'. Palestrante: Eduardo Stranz (consultor CNM).
15h - Palestra 'Iluminação Pública, Marco Regulatório da Mineração, Despesas de Pessoal e outros temas de interesse dos municípios'. Palestrante: Elena Garrido (consultora CNM).
16h30 - Palestra 'Desenvolvimento Econômico Local'. Palestrante do SEBRAE Maranhão: Ilka Sarney.
17h - Palestra 'Modernização da Gestão'. Palestrante: Elena Garrido e Eduardo Stranz (consultor CNM).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz