quarta-feira, 3 de julho de 2013

Prefeito Zito Rolim entrega chaves novo Residencial da Trizidela.

A Prefeitura Municipal de Codó e a Caixa Economia Federal (CEF) encerraram a última etapa para a realização do sonho de muitas famílias codoenses: a aquisição da casa própria. Na manhã desta terça-feira (2) foram entregues as chaves do Novo Residencial da Trizidela, do quadrante A. O evento aconteceu na Quadra de Esporte da Escola Santa Filomena. Amanhã (3) será realizada a entrega das chaves do quadrante B, no próprio Residencial.


De acordo com a organização do “Minha Casa, Minha Vida” de Codó as famílias contempladas poderão aderir a mais um programa do Governo Federal, “Minha Casa Melhor”, que coloca à disposição de todos os beneficiários do programa habitacional, o valor de R$ 5 mil reais em crédito para a compra de móveis e eletrodomésticos.

Para a beneficiária Zenita Soares, o sonho da casa própria para os codoenses era algo distante, que mudou com a chegada do Governo Lula e Dilma. “Graças ao Governo Federal e Municipal, estou realizando um sonho antigo, o da minha casa própria, hoje eu conseguir o meu cantinho, uma casa que agora eu posso dizer: é minha casa”, disse.

O Prefeito Zito Rolim chegou ao local acompanhado pelo Deputado Federal, Ricardo Archer, do secretário de Indústria, Comércio e Trabalho, Celso Pires, do secretário de Infraestrutura, Urbanismo e Habitação, Márcio Esmero, além das demais autoridades do município.

Zito falou da alegria que estava sentindo em poder contribuir, com a melhora no padrão e na qualidade de vida da população codoense.

“Lembro-me do desafio que foi para trazer mais 1000 casas para o município de Codó, nós lutamos incansavelmente junto do Governo Federal para conseguir dar uma moradia de qualidade pra nossa população, e nós vamos continuar lutando para trazer mais benefícios, mais projetos para Codó, não só na infraestrutura, mas na saúde, educação, esporte, assistência social, e demais segmentos”, finalizou.



O programa “Minha Casa, Minha Vida” em Codó já beneficiou 2 mil famílias, e beneficiará mais de 2.000 até o fim da atual administração. Visando cumprir com o papel de reduzir o déficit habitacional no município, a celeridade do programa é prioridade para o governo, uma vez que grande parcela da população é formada por famílias de baixa renda, que atendem aos critérios sócios econômicos estipulados pelo programa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz