terça-feira, 30 de julho de 2013

Deputado Rigo Teles pede asfaltamento e segurança para Barra do Corda



O deputado Rigo Teles (PV) protocolou dois projetos de indicações na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, solicitando que a governadora Roseana Sarney (PMDB) e os secretários de Estado, Luís Fernando Silva (Infraestrutura) e Aluísio Mendes (Segurança Pública), promovam importantes ações cobradas pela população na cidade de Barra do Corda e em todos os municípios da região Centro-Sul do Estado do Maranhão.

Na primeira indicação Rigo pede que Sinfra celebre um convênio com a Prefeitura de Barra do Corda, para asfaltar 15km de ruas e beneficiar os moradores da Vila Alvorada, Vila Nenzim I e II, Cerâmica, Campo do Negão, Araticum, Incra, Centro da Cidade, Sitio Maranata, Bairro Rodoviária, Vila Nair, Cohab, Vila Sampaio, Vila Mariano, Nossa Senhora das Dores e várias ruas do Bairro Trizidela. 

Para Rigo Teles, o asfaltamento é importante para a população de Barra do Corda, que cobra melhores condições de tráfego, conforto e segurança nas ruas. “Acredito que a governadora e o secretário serão sensíveis e celebrarão o convênio. A população pediu o asfaltamento das ruas. Como representante de Barra do Corda na Assembleia, encaminhei o pedido à governadora e ao secretário, que certamente atenderão a mais esses pleito”, disse.

SEGURANÇA PÚBLICA

Na segunda Indicação, Rigo Teles pede que o secretário de Segurança, Aluísio Mendes, realize uma audiência pública no município de Barra do Corda, juntamente com membros das classes empresariais e da sociedade civil, para debater os procedimentos a serem adotados com vistas a combater o alto índice de criminalidade que está ocorrendo na região Centro-Sul do Maranhão.

O parlamentar esclareceu que a população reclama do alto índice de criminalidade, como assaltos, roubos e homicídios, que está criando um clima de pânico em Barra do Corda e em todos os municípios da região Centro-Sul do Estado. “É preciso a adoção de medidas urgentes na área de segurança pública, em defesa do direito de ir e vir do cidadão e do patrimônio público”, cobra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz