terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Francisca Primo quer regularizar fornecimento de água em Buriticupu

A deputada Francisca Primo (PT), em pronunciamento feito na sessão desta segunda-feira (25), cobrou ações do governo Roseana Sarney no sentido de resolver o problema de abastecimento de água no município de Buriticupu. Ela afirmou que mais de 60% da população está sem água potável. “A situação é caótica; mais de 60% dos habitantes da minha cidade está sem água, o problema que sempre foi grave, agora é gravíssimo”, declarou.

A parlamentar disse que no primeiro ano do seu mandato destinou três (03) poços artesianos para Buriticupu e, agora, está destinando mais dois (02) poços. Um dos bairros que está sendo beneficiado é o Terra Bela, um dos mais populosos e carente daquela cidade. “Durante esses 12 anos, a Caema e o governo do Estado pouco investiram na conservação da pequena estrutura lá existente.”, afirmou Francisca Primo.

Em função do caos no município, o Supremo Tribunal de Justiça determinou uma multa diária no valor de R$ 50 mil, mas, mesmo assim, segundo a parlamentar, nada está sendo feito para resolver o problema da água em Buriticupu.

“Sabemos que água é vida, que água é saúde e, como parlamentar que sou, não posso deixar uma situação dessa acontecer em nosso Estado, ainda menos com o meu povo buriticupuense. Por isso, estou aqui solicitando da senhora governadora que intervenha e que regularize o quanto antes a distribuição da água em Buriticupu, porque a população está sofrendo por falta d’água”, enfatizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz