quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Prefeitura firma parceria com a Santa Casa de Misericórdia

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, e o provedor da Santa Casa de Misericórdia do Maranhão, Abdon José Murad Neto, discutiram, na tarde desta quarta-feira (23), os termos de cooperação para ampliar o atendimento a pacientes da rede pública de saúde da capital maranhense.
 
A parceria, segundo o prefeito, começou esta semana com o encaminhamento para a Santa Casa de 60 pacientes que se encontravam no setor de ortopedia do Hospital Clementino Moura (Socorrão II).
 
“A nossa pretensão é ampliar a atuação conjunta com a Santa Casa de Misericórdia e a nossa meta é que, com esta parceria, aqui sejam realizadas 250 cirurgias por mês”, afirmou o prefeito. Ele destacou que a Santa Casa, além de ser uma das mais antigas e tradicionais instituições da área da saúde no Maranhão, é um hospital capacitado no atendimento a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
O secretário municipal de Saúde, Vinicius José da Silva Nina, também salientou a importância da parceria com a Santa Casa, frisando que todos os esforços estão sendo feitos para, o quanto antes, desafogar o atendimento na rede municipal de saúde, especialmente o Socorrão II, que tem sido acarretado com um grande número de atendimento a pacientes oriundos de municípios do interior do Estado.
 
Acompanhado dos secretários Vinicius Nina (Saúde); Rodrigo Marques (Governo) e Márcio Jerry (Comunicação), do diretor do Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), Yglesio Moyses, e de diversos assessores, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior realizou, na tarde desta quarta-feira, uma visita a praticamente todas as dependências da Santa Casa de Misericórdia.
 
Além de conhecer de perto os leitos, consultórios e os setores de cirurgias, ortopedia, pediatria, obstetrícia e de tratamento de pacientes com doenças crônicas, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior fez questão de conversar com médicos, enfermeiros e pacientes atendidos pela Santa Casa.
 
Ele ouviu também um relato pormenorizado sobre as condições em que está funcionando a Santa Casa de Misericórdia do Maranhão. O provedor Abdon Murad informou que, com 432 leitos, a Santa Casa realiza em São Luís mais de 1.200 internações por mês e realiza, mensalmente, cerca de 12 mil consultas.
 
“Para nós, é muito importante esta aproximação com a Prefeitura de São Luís, para que haja uma efetiva cooperação e parceria com a nossa Casa”, afirmou Abdon Murad. Ele explicou que a Santa Casa passa por momentos de dificuldades, tendo em vista diversos problemas, entre os quais uma dívida acumulada no valor de R$ 11 milhões.
 
Abdon Murad disse que, nesta primeira fase, a Santa Casa prestará atendimento prioritário para pacientes do Socorrão II, em tratamento ortopédico. A transferência dos pacientes foi iniciada na última sexta-feira (dia 18).
 
Depois de ouvir o relato do provedor Abdon Murad, que forneceu informações sobre dívidas e atrasos nos repasses da gestão anterior, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior disse que, lamentavelmente, a população de São Luís sofreu muito e foi bastante prejudicada, em praticamente todos os setores, pela má gestão do prefeito anterior.
 
Ao encerrar a visita à Santa Casa de Misericórdia, o prefeito foi enfático ao afirmar que já há um novo cenário na Prefeitura de São Luís: “Todas as dívidas e todos os problemas que nos foram deixados pela gestão anterior serão equacionados através da boa gestão, através da gestão profissional que estamos iniciando em todas as áreas da nossa administração”, ressaltou Edivaldo Holanda Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz