segunda-feira, 26 de novembro de 2012

na prática a importância da integração




No município de Arari, distante 162 km de São Luís, o secretário chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva, mostrou na prática a importância da entegraçao entre governos municipal, estadual e federal para a implantação de políticas públicas em benefício da população.
Para Luis Fernando, a entrega de quase mil cisternas para comunidades rurais de Arari é fruto do programa “Águas para Todos” do Governo Federal, mas que não aconteceria sem a participação efetiva dos governos municipal e estadual.
– Essa integração é que muda a realidade, faz com que o município e o estado fiquem mais forte e que o governo federal possa implementar suas políticas públicas com eficiência. Se a União ou o Estado quisessem e se o município não estivesse predisposto a contribuir, certamente não teríamos o “Água Para Todos” em Arari – ressaltou o secretário.
Um dos exemplo dessa realidade, na opinião de Luis Fernando, é que se não fosse o trabalho dos agentes comunitários de saúde seria muito mais difícil para a Codevaf e para o próprio Estado (responsáveis pela implantação do programa) identificar as famílias beneficiadas no programa “Água Para Todos”.
Além de Luis Fernando Silva, representando a governadora Roseana Sarney, participaram da solenidade de entrega de cisternas no município o prefeito do município Leão Santos, Cláudio Azevedo (Agricultura, Pecuária e Pesca) e João Martins, superintendente estadual da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf/MA).
A previsão inicial é que sejam instaladas 26 mil cisternas em 149 municípios localizados nas bacias hidrográficas do Mearim, Itapecuru e Parnaíba, atendidos pela Codevasf, além de 100 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água e 300 kits de irrigação.
Cada cisterna possui capacidade para armazenar 16 mil litros de água das chuvas, captada pelas calhas instaladas nas casas.
O programa

Trabalho de agentes de saúde foi valorizada na fala de Luis Fernando sobre o programa
O Programa Água para Todos faz parte do Plano Brasil Sem Miséria, lançado em julho do ano passado pela presidente Dilma Rousseff.
A primeira fase do programa consiste na implantação de cisternas de polietileno para retenção e aproveitamento da água das chuvas, permitindo às famílias mais tranquilidade nos períodos de seca, facilitando o acesso a recursos hídricos para preparo de alimentos e higiene pessoal.
Já na segunda fase, serão desenvolvidas ações com foco no armazenamento de água para produção de alimentos que promovam a segurança alimentar e nutricional das famílias, com geração de renda a partir da comercialização do excedente.
Das 4.302 cisternas previstas inicialmente para serem instaladas no estado, 1.300 já foram implantadas nos municípios de Matões do Norte, Cantanhede, Codó, Arari e São Mateus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Diniz